quinta-feira, 15 de julho de 2010

A palavra "Deus"

O Reino está entre nós. Somos agentes a serviço do nosso Pai. Temos o privilégio de propagá-lo no nosso viver, com nossa família, colegas de trabalho, faculdade, escola, amigos e vizinhos. Em muitas ocasiões, o propagamos sem mesmo dizermos que é o Reino de Deus.

A palavra Deus foi tão usada na história da humanidade que muitos não a suportam ouvir. É nosso dever fazer com que essa palavra seja escutada de uma outra forma. Servir, usando o nome de Deus, derruba todas as muralhas que impedem algumas pessoas de receber e se maravilhar com esse nome. Deus, Senhor, Pai, são nomes mais usados pelos cristãos.

Que os não-cristãos e os cristãos sem convicção possam, através de nossas palavras e ações descobrirem a magnificência de Deus. Não saber o que é a Graça divina é não saber que Deus é Pai, pois não tendo conhecimento dela, Deus é percebido como um tirano. Deus permitindo crimes, violência, desastres parece mais como um déspota do que como Pai. Mas, porque não se pensa que Ele não fez isso, mas sim a humanidade? Alguns ainda indagam: "mas Ele permitiu", se assim não fosse, seríamos manuseados, não agiríamos por vontade própria. Ele quer que vivamos com Ele, não que aquele que esteja com Ele seja beneficiado de algo.

O nosso bom Deus quer o melhor para nós, mas, não interferirá em muitas ocasiões. Em algumas sim, mas em outras não, e além do mais, não saberemos o porquê dEle interferir somente em algumas. Mas descansemos. Ele sabe o que faz.


Salvação e caráter em Cristo Jesus.

2 comentários:

Facundo disse...

No meu caso o que eu percebo na maioria das vezes é exatamente que a palavra Deus não é algo que o povo tem repulsa, mas indiferneça.

E você falou sobre as coisas uins do que acontecem no mundo. Nossa, não é a tôa que as pessoas não gostam muito de Deus. Exatamente pq Deus (assim como no antigo testamento) escolheu dar a responsabilidade de ser representado por pesoas falhas e mesquinhas como nós.

É tanta gente louca no meio cristão fazendo coisas "em nome de Deus" que não me admira nada o povo pensar absurdos a respeito dele.

Marlon Marques disse...

É mesmo, George. A indiferença é visível em muitas pessoas quando escutam a palavra "Deus". Mas quando leio e escuto dizeres e feitos de cristãos como o Rev. Martin Luther King Jr., Madre Teresa de Calcutá, Simone Veil, dentre alguns mais, minha fé é fortalecida.